Redefinir a História – Parte 2

redefinindo-a-historia-parte-1
Redefinir a História – Parte 1
novembro 1, 2016
o-oitavo-ponto
O Oitavo Ponto – Cuidar.
novembro 8, 2016

Redefinir a História – Parte 2

redefinindo-a-historia-parte-2

Eu estou contando como eu cheguei aos 8 pontos que mais me “pegaram” na caminhada, lá em casa quando eu recebi o meu pacote novo.

Eu sempre digo que o pacote novo não é necessariamente a doença; o meu foi!

Foi através dele que eu aprendi tudo isto que está aqui.

O seu pacote é o quê??

O que você pode aprender com ele?

Isto que eu estou dizendo faz sentido para o pacote que você tem aí?

Na parte 1 da Redefinição da História, eu contei sobre aqueles 5,5,5,5, que a terapeuta pediu que eu listasse.

Eu listei!!

Eu era a pessoa mais interessada em fazer tudo aquilo acontecer porque eu queria um caminho que eu não conhecia e não tinha.

Então eu ofereci para mim mesma um presente. Eu listei! Eu pensei muito neles. Eu conversei com a terapeuta, e na próxima sessão ela me disse:

_ agora você vai fazer o trabalho de REDEFINIR A SUA HISTÓRIA.

Eu até me assustei. Ela então me explicou:

_vocês em casa, tinham um plano traçado para seguir. Vocês tinham uma trajetória em mente.

Ela falava das frentes que estavam abertas na nossa vida, e eu lembrei de todas as coisas que nós começamos a fazer juntos e que agora não pode ríamos dar continuidade da forma como começamos.

E ela continuou: _ agora você vai olhar aquilo que estava traçado, você vai escolher o que vai fazer sozinha ou com um acompanhamento escasso. Você vai escolher no que você vai dar andamento e o que você não fará mais. Depois vai reescrever a sua história até o final.

Lembre-se que todas as coisas, a própria vida muda o tempo todo, então seja flexível.

Mova-se, planeje um 1 ano, 2 anos, 5 anos… e se neste caminho sentir necessidade de mudar os planos, MUDE.  Use sempre estas 5 habilidades que te tornam invencível.

Cobre-se pouco e crie muito.

Nesta sessão, fizemos uma abertura muito linda. Ela me ajudou e eu tracei. O final da história era “eu vou fazer acontecer o sucesso, apesar da situação parecer completamente adversa”.

Foi maravilhoso escrever.

O sucesso era conseguir caminhar com dignidade, ajudar quem precisava, ser alegre, produtiva pela vida e quem sabe, isto era uma incógnita para mim, mas, quem sabe contar para as pessoas que existe uma forma e que eu poderia ajudar.

Sabendo o que queria, caminhe rumo à meta. Ora sereno, ora agitado, ora suave, ora duro.

“Dignidade, produtividade, alegria”. Persistência o tempo todo.

Até a incógnita se tornou realidade.

Eu persisti, eu aprendi, eu busquei, eu caminhei, eu fui atrás.

Eu sofri também!!  Sempre soube que conseguiria.

Naquele momento eu compreendi que poderia ajudar pessoas, se eu descobrisse  COMO FAZER.

 

Eu experienciei!

 

E eu consegui!

PROGRAMA CUIDE-SE

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *